Receba indenização através das companhias aéreas

De uns tempos para cá surgiram algumas empresas especializadas em ajudar quem teve problema em viagens aéreas.

PUBLICIDADE

Fazendo com que sejam compensados os seus prejuízos e os sufocos passados. Os voos atrasados, cancelados ou superlotados são algumas das causas. As empresas lutam pelos seu direitos, que por muitas vezes são desconhecidas. Os direitos devem ser usado ao seu favor. 

O caso é verificado online, e a indenização também. Eles cuidam de todas as burocracias, analisam as informações e os documentos enviados por você. Parceiros advogados podem ser acionados para entrar com um pedido judicial. Você pode acompanhar pela plataforma, e-mail e WhatsApp.

Não é preciso pagar adiantado. Tudo isso pode acontecer graças a tecnologia que facilita. O valor que receberá também vai pagar qualquer custo que tiver. Preocupação é zero, é muito simples para quem não entende da burocracia, mas acha que está sendo prejudicado pelas companhias aéreas. Veja em quais casos é possível pedir essa indenização:

Atrasos em voo

Atrasos são comuns, mas você não é obrigado a só se conformar com eles. Quem já passou por isso sabe como é desagradável. Se o atraso tem conexão, pode piorar ainda mais. Pode fazer com que você perca tudo o que tenha planejado. Atrasos superiores a 4 horas, podem ser indenizados. Seja pelo atraso, ou perda de conexão. Se perder alguma ocasião como funeral, compromisso profissional, casamento, um compromisso importante, também é motivo de indenização. 

Registre o atendimento e guarde todos os documentos do seu voo atrasado. Isso é preciso para entrar com a ação – quanto mais documentos, melhor. Anote os nomes de atendentes, a data e o horário. Sabe aquele painel que tem nos aeroportos com as informações do voo? Tire fotos, para deixar salvo.

Cancelamento de voos

É um transtorno tremendo quando os voos são cancelados. Afeta toda a programação dos passageiros, horário de hotel, conexões, passeios programados, entre outros. Na grande maioria dos casos você tem direito, sim, a uma indenização. Procure companhias aéreas que tem mais voos para onde você está indo. É mais fácil para ser reacomodado a outro avião. 

PUBLICIDADE

Guarde todos os documentos, como cartão de embarque, comprovantes dos gastos com alimentação, comunicação, transporte e hospedagem. Caso vá viajar a negócio guarde então os documentos relacionados ao compromisso que você teria que estar. 

A partir de uma hora tem que ser oferecido a você telefone e internet. Caso passe de duas horas, tem direito a um voucher de alimentação no aeroporto. Se o caso passar de 4 horas, acomodação ou hospedagem, e o transporte até o local. 

Extravio de bagagem

Nada pior do que ter a sua mala extraviada. Por causa do grande fluxo de pessoas, isso se tornou comum. Ter a bagagem perdida na volta de sua viagem, quando se está cansado, ou no início quando se está todo animado, é terrível. Então nesses momentos é bom saber os seus direitos e o que fazer. 

Se a bagagem não foi entregue a você, a empresa deve custear suas primeiras necessidades. O valor para voos internacionais é 150 dólares e voos domésticos é 380 reais. Guarde os recibos de tudo que precisou comprar. Todos os custos enquanto estiver sem sua mala, devem ser cobertos pela empresa. 

Caso a sua bagagem não for localizada, você deve receber uma indenização. A companhia possui um prazo de 7 dias para voos nacionais e de 21 dias para os internacionais para informar o paradeiro da mala ao usuário.

 

Vamos indicar a você agora, umas empresas especializadas e mais conhecidas nisso. São elas: Voe Tranquilo, Não Voei e AirHelp. Não fique se sentindo desamparado ou lesado pela companhias, você tem direitos e deve correr atrás deles.

Aproveite a promoção da Gol e viaje barato:

Passagens Promocionais – Gol

PUBLICIDADE

Viaje para São Paulo com a 123 Milhas

Viaje pela GOL a partir de R$120,84